Petróleo bate na marca de US$ 60

A demanda por petróleo continua aquecida apesar de aumento de preçosOs preços do barril do petróleo chegaram novamente ao recorde de US$ 60 pelo segundo dia, nesta sexta-feira. Predomina a preocupação no mercado de que a forte demanda por petróleo deve se manter nos próximos meses. O barril de petróleo leve tocou na marca dos US$ 60 nos mercados, caindo um pouco depois, mas se mantendo acima dos US$ 59.Um relatório da China, mostrando que o país importou 8,2% mais petróleo em maio do que no mesmo mês do ano passado, ajudou a empurrar os preços. A expansão de outras economias e as viagens de férias do verão nos Estados Unidos também devem continuar pressionando a demanda, segundo analistas.Desde o começo de 2005, os preços do petróleo já subiram 40%, mas a demanda não dá sinais de diminuir. "A grande mensagem desta semana é que a demanda continua forte mesmo com preços altos de petróleo", disse Tony Nunan, da Mitsubish.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.