Petróleo bate novo recorde e chega a quase US$ 60

O preço do barril de petróleo futuro negociado na bolsa de Nova York passou dos US$ 59 pela primeira vez na história, chegando a US$ 59,18 em transações feitas na Ásia nesta segunda-feira. Em Londres, o barril chegou a ser negociado pela primeira vez acima dos US$ 58.Operadores disseram que o petróleo deve passar da barreira de US$ 60, mas não informaram quando.A principal preocupação do mercado é que a oferta da Opep não consiga suprir a demanda cada vez crescente dos consumidores. Na semana passada, o cartel aumentou a cota oficial em mais 500 mil barris por dia.Segundo a Opep, o uso do produto deve ser 150 mil barris por dia superior ao previsto para o quarto trimestre deste ano. Outra preocupação dos operadores do mercado de petróleo é o crescente custo da produção de energia e a redução da produção de petróleo norte-americana.O medo de que a violência na Nigéria e no Iraque aumente também deixa o mercado ansioso. A empresa de consultoria de energia PVM assinala em seu boletim de hoje que os mercados foram afetados pela notícia de que alguns países ocidentais, como Reino Unido e Alemanha, fecharam os consulados na Nigéria, enquanto os Estados Unidos optaram por fazer o mesmo com a embaixada em Abuja, a capital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.