Petróleo bate recorde; no Brasil, dólar fecha com leve alta

Os contratos futuros de petróleo subiram para nova máxima histórica acima de US$ 56,00 o barril em Nova York (New York Mercantile Exchange-Nymex), uma vez que o mercado não ficou impressionado com o anúncio de aumento de produção da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep). Em Londres (International Petroleum Exchange-IPE), os futuros de petróleo brent também registraram novos níveis recordes, com os contratos para abril atingindo a máxima durante o dia em US$ 54,95 o barril.Os preços dos futuros de petróleo subiram apesar do Departamento de Energia ter apontado novo aumento dos estoques comerciais norte-americanos na semana passada, que nas últimas semanas cresceram para acima de suas médias históricas.Na Nymex, os contratos de petróleo com vencimento em abril fecharam em US$ 56,46 o barril, em alta de US$ 1,41 (+2,56%); a mínima foi de US$ 54,40 e a máxima de US$ 56,60. Na IPE, os contratos de petróleo Brent para abril fecharam em US$ 54,80, alta de US$ 0,95 (+1,76%); a mínima foi de US$ 53,54 e a máxima de US$ 54,95. No Brasil, o dólar comercial encerrou o dia cotado a R$ 2,7640 na ponta de venda das operações, com leve queda de 0,07% em relação aos últimos negócios de ontem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.