Petróleo cai após normalização de fluxo em oleoduto iraquiano

Os preços do petróleo fecharam emqueda nesta sexta-feira à medida que o fluxo voltou ao normalno oleoduto danificado no Iraque, após uma explosão, acalmandoos temores sobre uma possível queda das exportações da regiãosul do Iraque. As notícias do oleoduto criaram uma onda de vendas no dia,o que também afetou as commodities à medida que o dólar sefortaleceu e que fundos realizaram lucros. Na Nymex, o contrato maio caiu após três dias de alta,fechando em baixa de 1,96 dólar, ou 1,82 por cento, a 105,62dólares por barril, sendo negociado entre 104,71 e 107,63dólares. Na quinta-feira, o contrato maio havia subido 1,68 dólar,após a explosão no Iraque, fortalecido ainda pela alta nospreços de óleo para aquecimento. "É fim do trimestre e os fundos estão realizando lucros,antes de voltarem na próxima terça-feira", disse Mark Waggoner.presidente da Excel Futures. Apesar do fechamento em baixa, o petróleo acumulou alta de3,78 dólares, ou 3,71 por cento, nesta semana. Em Londres, o petróleo tipo Brent caiu 1,23 dólares, ou1,17 por cento, a 103,7 dólares por barril, sendo negociadoentre 103,05 e 105,42 dólares. Enquanto que o fluxo das exportações de petróleo no Iraquese normalizaram, conflitos pesados na região criaram umaincerteza sobre a segurança nos campos de petróleo e oleodutosda região sul do país. (Reportagem Gene Ramos)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.