Petróleo cai com piora da confiança do consumidor nos EUA

Os futuros do petróleo nos Estados Unidos caíram mais de 2 por cento nesta terça-feira, com um relatório mostrando que a confiança do consumidor nos EUA caiu inesperadamente em junho, o que espalhou temores renovados sobre a demanda pela commodity.

REUTERS

30 de junho de 2009 | 17h39

O relatório pesou em Wall Street e impulsionou o dólar ante o euro, o que pressionou os futuros do petróleo em Nova York para abaixo do pico de 73 dólares registrado mais cedo durante a sessão.

"O número de confiança do consumidor realmente pareceu reverter o bom momento. É antes do fim de semana de 4 de julho e pegou o mercado assustado, todos ficarão em casa e não viajarão", disse Phil Flynn, analista da PFGBest Research em Chicago.

"Quando o mercado fica preocupado com a economia, as pessoas voltam ao dólar para evitar riscos", acrescentou Flynn.

Na Nymex, o petróleo para entrega em agosto caiu 1,60 dólar, ou 2,24 por cento, para 69,89 dólares por barril.

O contrato foi negociado entre 68,90 dólares e 73,38 dólares por barril, o maior valor intradia desde 21 de outubro, quando chegou a ser negociado a 75,69 dólares por barril.

Em Londres, o petróleo Brent para entrega em agosto caiu 1,69 dólar, ou 2,38 por cento, para 68,40 dólares por barril.

A Administração de Informação de Energia dos EUA divulgará seu relatório semanal de estoques domésticos de petróleo nesta quarta-feira.

Pesquisa da Reuters com analistas mostrou expectativa de queda de 2 milhões de barris nos estoques domésticos de petróleo.

A pesquisa revelou expectativa de alta nos estoques de gasolina e derivados.

(Reportagem de Gene Ramos e Robert Gibbons)

Tudo o que sabemos sobre:
PETROLEOFECHABAIXA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.