Petróleo cai com temor de recessão nos Estados Unidos

Mercado ignora incêndio em cargueiro e foca nas conseqüências de uma desacelaração sobre a demanda

Agência Estado,

11 de janeiro de 2008 | 11h16

Os futuros do petróleo operam em queda nesta sexta-feira, 11, na esteira das perdas de quinta, por conta das preocupações com a saúde da economia norte-americana. Os traders ignoraram as notícias de incêndio em um cargueiro de petróleo em Port Harcourt, na Nigéria, e resistiram ao suporte dado pelo dólar enfraquecido para se focarem nas implicações trazidas por uma desaceleração da maior economia do mundo sobre a demanda por petróleo. "O foco atual dos investidores continua na economia dos EUA", disse Andrey Kryuchenkov, analista da Sucden. Embora os contratos possam se beneficiar do enfraquecimento do dólar, ele disse, "não há dúvida que uma recessão profunda nos EUA poderia ter um impacto negativo na demanda de energia". Depois que o presidente do Fed, Ben Bernanke, alertou na quinta que a economia dos EUA enfrenta riscos "mais pronunciados", traders e analistas voltaram suas atenções às implicações sobre a demanda por petróleo, e não para o possível estímulo que os contratos poderiam receber por novos cortes dos juros.  As previsões de analistas de queda na demanda em 2008 também pesaram nos contratos. Após preverem recessão neste ano, os analistas do Goldman Sachs revisaram para baixo nesta sexta suas previsões para a demanda em 2008. "Nós esperamos que o crescimento da demanda por petróleo nos EUA se contraia em 50 mil barris por dia em média em 2008, 150 mil barris por dia abaixo de nossa previsão anterior", disseram.

Mais conteúdo sobre:
Petróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.