Petróleo cai em NY por temor econômico e tempo mais quente

O preço do petróleo nos EstadosUnidos fechou em queda pela terceira sessão consecutiva nestasegunda-feira, influenciado pelas vendas de contratos futurosdo óleo para aquecimento, em meio a temperaturas mais altas. A persistência das preocupações sobre a economia dos EUA,que pode perder força e reduzir a demanda pela commodity,adicionou pressão no mercado. Na Nymex, o contrato para fevereiro encerrou em baixa de2,82 dólares, a 95,09 dólares por barril, depois de operarentre 94,47 dólares --o menor nível desde 26 de dezembro-- e98,40 dólares por barril. Em Londres, o tipo Brent recuou 2,40 dólares, para 94,39dólares por barril, operando entre 93,72 e 97,48 dólares porbarril. "Nós tivemos um rali com a manchete iraniana, mas quando asoperações abriram nós perdemos esses ganhos, já que astemperaturas aumentaram, o dólar mostrou alguma recuperação ecom os temores sobre a economia", disse Eric Wittenauer,analista da A.G. Edwards em St. Louis. O analista se referiu inicialmente às provocações feitaspor embarcações do Irã a navios dos EUA, no sábado, no Estreitode Ormuz, que deram sustentação à commodity no começo dosnegócios. A Casa Branca afirmou que a aproximação do Irã junto aembarcações da Marinha dos EUA foi "provocativa" e alertouTeerã contra ações desse tipo no futuro. Mas acabaram pesando no mercado notícias que podem afetaros fundamentos. A demanda por óleo para aquecimento nos EUA será 38,5 porcento abaixo da normal nesta semana, já que as temperaturassobem bem acima do nível usual na maior parte do país, previu oserviço nacional de meteorologia norte-americano. (Reportagem Gene Ramos; Tradução Redação São Paulo, 551156447764))

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.