Petróleo cai mesmo com previsão de aumento de consumo

Apesar da Agência Internacional de Energia (AIE) ter elevado sua projeção para o consumo global de petróleo nesta manhã, os preços da commodity estão em queda. Segundo o a edição online do Financial Times, após atingirem níveis recordes nos últimos dias, os preços recuaram com um movimento de realização de lucros.Um relatório que mostrou uma queda de 13% nas importações de petróleo da China em janeiro e fevereiro também atenuou a pressão sobre os preços. Segundo o FT, os indicadores chineses são freqüentemente revisados, mas poderiam indicar um desaquecimento do crescimento da demanda na China. Analistas, no entanto, observam que os preços continuam elevados e a retomada da tendência de alta não pode ser descartada, ainda mais depois do relatório da AIE. Às 8h25 ( de Brasília), o contrato para abril negociado no pregão eletrônico da Nymex caía 0,90% para US$ 53,06.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.