carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Petróleo cai nos EUA com dólar forte e economias mais fracas

Os preços do petróleo fecharam emqueda nesta quinta-feira com o dólar se fortalecendo em meio apreocupações com a economia da zona do euro e a crescenteinflação norte-americana. "A dólar está mais forte, mas apenas por consequência doenfraquecimento das outras economias", disse Nauman Barakat,vice-preseidente sênior da Macquarie Futures USA. "Istocontribui para o quadro baixista da demanda de petróleo." Na Nymex, o contrato setembro caiu 0,99 dólar, ou 0,85 porcento, a 115,01 dólares por barril, sendo negociado entre112,59 e 117,42 dólares. O petróleo atingiu 112,31 dólares na terça-feira, menornível desde 2 de maio. O euro ampliou a suas perdas frente ao dólar nestaquinta-feira, caindo abaixo de 1,48 dólar, menor nível desdefevereiro com dados mostrando que os preços para osconsumidores norte-americanos subiram mais do que o dobro doesperado em julho. As operações foram voláteis e inicialmente pressionaram ospreços do petróleo com os operadores esperando que ocessar-fogo da Rússia e Geórgia se manteria, junto com algumasrealizações de lucro após a alta dos preços na véspera. Em Londres, o petróleo tipo Brent caiu 0,83 dólar a 112,64dólares por barril, sendo negociado entre 111,88 e 114,89dólares. (Reportagem de Robert Gibbons e Gene Ramos)

REUTERS

14 de agosto de 2008 | 17h38

Tudo o que sabemos sobre:
PETROLEOFECHA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.