Petróleo cai para US$37 o barril e acumula perda de 60% em 2008

O barril do petróleo chegou a ser negociado nesta quarta-feira abaixo de 37 dólares, caminhando para uma desvalorização de mais de 60 por cento em 2008, reflexo do forte impacto da desaceleração econômica global sobre o mercado de energia. O preço do barril de petróleo bruto bateu o recorde de 147 dólares em julho, mas o valor derreteu nos últimos seis meses, à medida em que a crise de crédito jogou o mundo industrializado em uma recessão. Dados fracos divulgados pelos Estados Unidos na terça-feira contribuíram para aumentar o pessimismo sobre a possibilidade da demanda por petróleo sofrer ainda mais em 2009, ofuscando as tensões do Oriente Médio e as expectativas de um novo corte de produção da Arábia Saudita. A média das previsões de analistas para o preço do petróleo nos Estados Unidos é de 49 dólares o barril no primeiro trimestre e uma média de 58,48 dólares no ano como um todo, 14 dólares abaixo das estimativas anteriores, mostrou a última pesquisa realizada pela Reuters. Os preços dos contratos de petróleo para fevereiro chegaram a cair para 36,94 dólares o barril. Por volta das 11h21 (horário de Brasília), o contrato era negociado a 37,45 dólares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.