Petróleo cai pelo 4o dia seguido e impulsiona ações na Ásia

As principais bolsas asiáticastiveram uma quarta-feira de alta, dando continuidade aosavanços da véspera à medida em que o petróleo recuava,sinalizando menores custos para empresas após a Arábia Saudita,maior exportadora mundial de petróleo, apresentar plano paraelevar a produção. Às 7h50 (horário de Brasília) o índice MSCI da ÁsiaPacífico exceto Japão apresentava alta de 0,3 por cento, para454 pontos, mas ainda acumula perda de 14 por cento no ano. O índice Nikkei da bolsa de Tóquio encerrou com avanço de0,73 por cento, em 14.452 pontos, com destaque para empresasfabricantes de eletrônicos. A bolsa da Coréia do Sul fechou com ganhos de 1,34 porcento, em 1.774 pontos. O índice Hang Seng da bolsa de Hong Kong subiu 1,16 pontos,a 23.325 pontos, puxada pelos papéis de petrolíferas, incluindoa Sinopec . O Shanghai Composite Index, que recuou 2,8 por cento navéspera no pior fechamento em 15 meses, disparou 5,24 por centonesta quarta-feira, a 2.941 pontos, em meio a especulações deque o governo possa permitir que as petrolíferas elevem ospreços domésticos do petróleo. O barril do petróleo era cotado perto dos 135 dólares obarril, com alta de 0,5 por cento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.