Petróleo fecha em alta após recorde acima de US$ 126

Na bolsa de Nova York (Nymex), o contrato junho subiu US$ 2,27, ou 1,84%, a US$ 125,96 por barril

Reuters,

09 de maio de 2008 | 17h32

Os preços do petróleo fecharam em recorde de alta nesta quinta-feira, perto da máxima histórica acima de US$ 126 por barril, com compras de fundos e altas dos derivados em ambos os lados do Atlântico.   Veja também: Preço do petróleo em alta   O dólar caiu frente à maioria das moedas, levando os investidores a trocarem dinheiro por petróleo, disseram operadores. Na Nymex, o contrato junho subiu US$ 2,27, ou 1,84%, a US$ 125,96 por barril, um novo recorde, após ser negociado entre US$ 124,08 e o novo recorde durante o dia (intraday) de US$ 126,20. Após o fechamento, o petróleo chegou a atingir US$ 126,25. Recordes vêm sendo quebrados durante toda a semana e, desde o início do mês, os preços já subiram quase US$ 16, ou 14,5%. Em Londres, o petróleo tipo Brent avançou US$ 2,56, 2,08%, para o novo recorde a US$ 125,40, tendo sido negociado entre US$ 123,30 e US$ 125,90, que marcou um novo recorde de intraday. "Parece que qualquer cálculo incluindo uma espera pelo próximo recuou foi descartado na abertura européia nesta amanhã com ondas de compras se materializando, particularmente por interesses especulativos", disse Mike Fitzpatrick, vice-presidente da MF Global.

Tudo o que sabemos sobre:
Petróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.