finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Petróleo fecha em alta com preocupações com fragilidade do dólar

Os preços do petróleo nos EstadosUnidos fecharam em forte alta nesta segunda-feira compreocupações persistentes sobre a fragilidade do dólar. Na Nymex, os contratos janeiro fecharam em alta de 0,81dólar a 94,65 dólares por barril, sendo negociado entre 93,16 e95,15 dólares. A commodity atingiu um recorde a 98,62 dólaresdurante a sessão do dia 7 de novembro. Os contratos futuros atraíram algumas compras à medida quepoderia existir uma nova pressão rumo aos 100 dólares, disseramoperadores. O volume de negócios foi reduzido às vésperas doferiado norte-americano do Dia de Ação de Graças. Em Londres, o petróleo tipo Brent para janeiro tambémfechou com valorização, subindo 0,75 dólar a 92,37 dólares porbarril, operando entre 90,98 e 92,81 dólares. O dólar caiu frente ao iene mas se manteve firme contra oeuro nesta segunda-feira, à medida que uma debandada global dosmercados acionários e os altos preços do petróleo aumentaram aspreocupações com a saúde da economia norte-americana e deixaramos investidores cautelosos com operações de risco. Boatos de que os exportadores do Oriente Médio poderiam, nareunião do próximo mês, abandonar a taxa fixa em dólares tambémse juntaram ao sentimento negativo, assim como fez aexpectativa do mercado de mais cortes nas taxas de jurosnorte-americanas. A cúpula da Organização dos Países Exportadores de Petróleo(Opep) acabou no domingo com uma forte divisão política sobreuma ação contra o dólar fraco à medida que líderes de Estadovotaram para manter um abastecimento "adequado" de petróleopara os consumidores do ocidente. (Por Gene Ramos)

REUTERS

19 de novembro de 2007 | 18h48

Tudo o que sabemos sobre:
PETROLEOFECHAATUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.