Petróleo fecha em alta; no Brasil, dólar recua e Bolsa sobe

Os contratos futuros de petróleo fecharam em alta modesta em Londres (International Petroleum Exchange-IPE) e Nova York (New York Mercantile Exchange-Nymex), sustentados por nova alta recorde dos preços futuros de óleo para aquecimento. Na Nymex, os contratos de petróleo para dezembro fecharam em US$ 54,47 o barril, em alta de US$ 0,06 (+0,11%); a mínima foi de US$ 54,01 e a máxima de US$ 54,60. Em Londres, os contratos de petróleo brent para dezembro fecharam em US$ 50,72 o barril, em alta de US$ 0,20 (+0,40%); a mínima foi de US$ 50,38 e a máxima de US$ 51,14.No Brasil, o dólar comercial encerrou o dia cotado a R$ 2,8570 na ponta de venda dos negócios, em baixa de 0,52% em relação às últimas operações de ontem. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a máxima de R$ 2,8630 e a mínima de R$ 2,8490. Com o resultado de hoje, o dólar registra queda de 1,58% no ano.A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em alta de 0,81%. No mercado de juros futuros, os contratos com vencimento em janeiro de 2005, negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) pagavam taxa de 17,040% ao ano, frente aos juros de 16,780% ao ano registrados ontem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.