Petróleo fecha em alta por redução de estoques nos EUA

Os contratos futuros de petróleo fecharam em alta nesta quarta-feira, 17, impulsionados pela queda maior do que a esperada dos estoques comerciais nos Estados Unidos.

Agencia Estado

17 de julho de 2013 | 16h49

Segundo o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) dos EUA, os estoques de petróleo do país caíram 6,902 milhões de barris na semana encerrada em 12 de julho, para 367,016 milhões de barris. Analistas consultados pela Dow Jones previam queda de 2,2 milhões de barris no período.

O petróleo para entrega em agosto subiu US$ 0,48 (0,5%) na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês), encerrando a US$ 106,48 por barril. Na plataforma eletrônica ICE, o petróleo Brent para entrega em setembro avançou US$ 0,47 (0,5%), para US$ 108,61 por barril.

A alta, porém, foi contida pela elevação dos estoques de gasolina dos EUA. Segundo o DoE, os estoques cresceram 3,1 milhões de barris na semana, contrariando a expectativa de queda.

"O aumento dos estoques de gasolina definitivamente mitigou a tendência de alta do petróleo", disse Andy Lebow, vice-presidente sênior de futuros de energia da Jefferies Bache. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.