Petróleo fecha em queda por aumento dos estoques dos EUA

Os preços do petróleo nos EstadosUnidos fecharam em forte queda nesta quarta-feira, depois degrandes aumentos nos estoques de derivados da commodity subiremna semana passada, o que compensou a queda no suprimento depetróleo. Na Nymex, os contratos janeiro encerraram a sessão em quedade 0,72 dólar, a 87,60 dólares por barril, após ser negociadoentre 87,35 e 90,39 dólares. O petróleo atingiu um recorde a 99,29 dólares durante asessão de 21 de novembro. Em Londres, o petróleo tipo Brent caiu 1,10 dólar a 88,43dólares por barril, sendo negociado entre 88,34 e 91,91dólares. Os preços dos contratos futuros nas operações de overnighttinham subido mais de 2 dólares para acima de 90 dólares porbarril após a Organização dos Países Exportadores de Petróleo(Opep), reunida em Abu Dhabi, decidir manter o mesmo nível deprodução. "Os números do petróleo pressionaram por um aumento dospreços, mas os números dos derivados forçaram mais para baixo enós tivemos isso no final de novembro... isso definitivamentenão segurou uma alta", disse Kyle Cooper, diretor de pesquisada IAF Advisors em Houston, Texas. A Administração de Informações de Energia dos EUA disse quena semana que terminou no dia 30 de novembro, as reservas depetróleo norte-americanas caíram inesperadamente em 8 milhõesde barris para 305,2 milhões de barris. A queda, a terceiraconsecutiva, foi 10 vezes maior do que as expectativas de 800mil barris divulgada em pesquisa da Reuters com analistas. (Reportagem de Gene Ramos)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.