Petróleo fecha estável nos EUA apesar de queda nos estoques

Os preços do petróleo nos EstadosUnidos fecharam estáveis nesta quarta-feira, com dados dogoverno mostrando que a forte queda nos estoques da commodityna última semana se concentrou na Costa Oeste, não tendo muitoimpacto nos preços dos futuros. Durante a sessão, as crescentes tensões no Oriente Médiopesaram sobre o dólar e impulsionaram os futuros da commodity. Notícias de que a Royal Dutch Shell retirou o decreto deforça maior nas exportações de petróleo da Nigéria ajudaram adiminuir as preocupações sobre as ofertas. Os mercados de petróleo também se acalmaram com umaautoridade sênior do Departamento do Estado afirmando que osEstados Unidos ainda não usaram todas as suas ferramentasdiplomáticas com o Irã. Na Nymex, o contrato agosto fechou a 136,05 dólares porbarril, com leve alta de 0,01 dólar, após ser negociado entre135,90 e 138,91 dólares. "A queda nos estoques de petróleo (foram) inicialmenteinterpretadas como altista. No entanto, toda a queda dasreservas ocorreram na região não-representativa da CostaOeste", disse Jim Ritterbusch, presidente do Ritterbusch &Associates. Em Londres, o petróleo tipo Brent subiu 0,15 dólar, ou 0,11por cento, a 136,58 dólares por barril, sendo negociado entre135,90 e 138,91 dólares. (Reportagem de Gene Ramos e Robert Gibbons)

REUTERS

09 de julho de 2008 | 16h56

Mais conteúdo sobre:
PETROLEOFECHA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.