Petróleo fica próximo dos US$105 com dólar fraco

O petróleo estava cotado em cerca de105 dólares o barril na sexta-feira, próximo ao recorderegistrado na sessão anterior, devido ao dólar fraco, ao fluxode fundos e à relutância da Opep em aumentar a produção. Por volta das 10h, o contrato abril nos Estados Unidos caía0,18 dólar, cotado a 105,29 dólares o barril. Na quinta-feira,o petróleo atingiu o recorde de 105,97 dólares. O brent em Londres atingiu novo recorde de 103 dólares, masdepois recuou para 102,61 dólares. "Vimos dias bastante selvagens no meio da semana, mas agoranão existe nenhuma notícia evidentemente nova para mexer omercado...Não há mudanças extremas no dólar ou mercados deações", disse Tony Machacek, da Bache Commodities. O dólar caiu mais na sexta-feira, para novos recordes debaixa em relação ao euro e o franco suíço. Os preços do petróleo subiram nesta semana depois de umaqueda surpresa nos estoques dos Estados Unidos, e depois que aOrganização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) decidiunão alterar a produção, apesar dos pedidos dos consumidores pormais petróleo. (Por Margaret Orgill e Santosh Menon)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.