Petróleo leva ações européias a fechamento mais alto em 4 meses

O principal índice das açõeseuropéias fechou no maior nível em quatro meses nestasegunda-feira, depois que as ações de petróleo e commoditiescompensaram a baixa do setor financeiro. Os ganhos de WallStreet foram outro fator positivo. Segundo dados preliminares, o índice FTSEurofirst 300 subiu0,96 por cento, para 1.378 pontos. É o maior patamar defechamento desde 16 de janeiro. As ações nos Estados Unidos operavam em alta após umimportante indicador antecedente sugerir que a economia, mesmoque tenha enfraquecido, evitou uma recessão. "Muitos participantes do mercado estão se preparando para oaumento da inflação. Eles estão procurando companhias comgrande poder de definição de preços, que podem passar comfacilidade o aumento da inflação", disse Markus Steinbeis,diretor de Equities da Europa na Pioneer Investiments emMunique. Ações de energia apareceram entre as que mais valorizaramcom a Total elevando 3,1 por cento e a BP subindo 1,3 porcento, enquanto o petróleo era negociado a 126 dólares o barrile as ações de mineração também registravam alta, com a AngloAmerican elevando 4 por cento e a Rio Tinto avançando 1,6 porcento. Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 1,15por cento, a 6.376 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,97 por cento, para 7.225pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 valorizou 1,26 por cento, para5.142 pontos. Na contramão da região, em MILÃO, o índice Mibtel encerrouem baixa de 1,37 por cento, a 25.917 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,87 porcento, para 14.247 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 teve alta de 0,25 por cento, para11.032 pontos. (Reportagem de Eva Kuehnen)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.