Petróleo nos EUA atinge maior valor em três meses

Os futuros de petróleo nos EUA subiram nesta terça-feira, atingindo o maior valor em três meses, com esperanças de que o Banco Central Europeu agirá para conter a crise da região. As tensões no Oriente Médio também impulsionaram os preços, além da aproximação do fim do contrato de setembro.

Reuters

21 de agosto de 2012 | 16h04

O contrato de setembro subiu 71 centavos, ou 0,74 por cento, para fechar em 96,68 dólares o barril, depois de atingir 97,60 dólares, o preço mais alto intradia desde 10 de maio. O contrato para outubro subiu 58 centavos, ou 0,6 por cento, para encerrar em 96,84 dólares.

(Reportagem de Robert Gibbons)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSPETROLEOFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.