Petróleo nos EUA fecha em alta após bater novo recorde

Os futuros do petróleo nos EstadosUnidos fecharam em alta de mais de 2 por cento nestasexta-feira por preocupações geopolíticas e com a oferta, o quelevou a commodity a bater sua máxima histórica. As tensões geopolíticas envolvendo o Irã alimentaram umaalta durante a sessão, acrescentando-se aos temores deagitações na Nigéria e de uma greve dos trabalhadorespetrolíferos no Brasil. Perto da metade da sessão, realizações de lucros contiveramas altas, com operadores reagindo ao desmoronamento das açõesde Wall Street com preocupações com crédito. Na Nymex, o contrato agosto fechou em alta de 3,43 dólares,ou 2,42 por cento, a 145,08 dólares por barril, sendo negociadoentre 141,44 e o novo recorde intradia de 147,27 dólares. Na semana, os preços do petróleo caíram 0,21 dólar, ou 0,14por cento. Desde o início do ano, a commodity saltou 49,10dólares, 51,16 por cento. Em Londres, o agosto do petróleo tipo Brent fechou em altade 2,46 dólares, ou 1,73 por cento, a 144,49 dólares porbarril, sendo negociado entre 141,62 e a máxima histórica a147,50 dólares. (Reportagem de Robert Gibbons e Gene Ramos)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.