Petróleo nos EUA fecha em queda por temor de colapso na demanda

O petróleo fechou em baixa de quase 7 por cento nos Estados Unidos nesta terça-feira, abaixo de 35 dólares por barril, com indicadores sombrios afetando os mercados e gerando preocupações sobre um colapso na demanda. Temores de que as economias do Leste Europeu, impactadas pela crise, afetem bancos ocidentais e a dificuldade de duas das três grandes montadoras de Detroit em apresentar planos de reestruturação tiveram efeito negativo nos mercados. Os contratos para entrega em março negociados na Nymex caíram 2,58 dólares, a 34,93 dólares por barril. Os contratos do tipo Brent para entrega em abril, negociados em Londres, caíram 2,25 dólares, a 41,03 dólares por barril. A crise financeira contribuiu para a recessão em várias economias do mundo, reduzindo a demanda e pressionando para baixo os preços do petróleo, após o recorde acima de 147 dólares por barril registrado em julho de 2008. "As previsões para a economia continuarão a dominar a primeira metade de 2009. Os Estados Unidos, a zona do euro e o Japão estão em uma sincronizada recessão", disse Harry Tchilinguirian, analista de petróleo do BNP Paribas. (Reportagem de Matthew Robinson)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.