Petróleo nos EUA fecha perto de recorde com Opep e estoques

No patamar máximo do dia, o barril do petróleo superou o recorde anterior atingido na segunda

Reuters,

05 de março de 2008 | 18h02

Os preços do petróleo nos Estados Unidos fecharam em alta nesta quarta-feira, perto de um novo recorde, impulsionados pela surpreendente queda nas reservas do produto na última semana. Em Nova York, o preço do barril fechou em alta de US$ 5,08 dólares, ou 5,1%, a US$ 104,60. O barril foi negociado entre US$ 99,55 e US$ 104,64. No patamar máximo do dia, o barril do petróleo superou o recorde anterior atingido na segunda-feira.   Veja também:  As razões do sobe-e-desce do petróleo Em Londres, o petróleo subiu US$ 4,10 para US$ 101,64 por barril. Os preços já operavam em alta de US$ 2 à medida que os ministros do Petróleo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) deixaram a produção inalterada, sem falar da notícias de que a Venezuela está movendo tropas para fronteira com a Colômbia. Mas a alta foi ampliada depois que o governo dos Estados Unidos informou que na última semana os estoques norte-americanos caíram 3,1 milhões de barris para 305,4 milhões de barris, contra uma expectativa dos analistas de um aumento de 2,4 milhões de barris.

Tudo o que sabemos sobre:
Petróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.