Petróleo nos EUA sobe 1% seguindo mercados acionários

Os futuros do petróleo nos Estados Unidos subiram nesta quinta-feira seguindo tendência nos mercados acionários europeu e norte-americano, por esperanças de que a recessão global possa estar diminuindo, apesar da revisão para baixo sobre a demanda mundial de petróleo em 2009 feita pela Agência Internacional de Energia (AIE).

REUTERS

14 de maio de 2009 | 17h21

As opções do contrato junho na NYMEX venceram no final da sessão, o que contribuiu para a volatilidade do dia.

A demanda mundial por petróleo em 2009 terá a maior queda desde 1981, disse a AIE. A demanda exibiria uma contração de 2,56 milhões de barris por dia este ano. A previsão anterior da agência era de baixa de 2,4 milhões de barris por dia.

"O relatório da AIE vem após as versões da Opep e do DOE (Departamento de Energia) neste mês, o que pode reduzir o seu impacto, mas diz a mesma coisa que os outros", disse Tim Evans, analista de energia da Citi Futures Perspective, em Nova York.

Na Nymex, o petróleo para entrega em junho subiu 0,60 dólar, ou 1,03 por cento, a 58,62 dólares por barril.

Em Londres, o petróleo Brent para entrega em junho, que venceu no fechamento, caiu 0,65 dólar, ou 1,13 por cento, a 56,69 dólares por barril.

(Reportagem de Gene Ramos e Robert Gibbons)

Tudo o que sabemos sobre:
PETROLEOFECHAALTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.