portfólio

E-Investidor: qual o melhor investimento para 2020?

Petróleo nos EUA sobe 3% seguindo alta e otimismo de Wall Street

Os futuros do petróleo nos Estados Unidos subiram quase 3 por cento nesta quinta-feira, impulsionados por Wall Street, onde investidores apostam que os problemas econômicos podem estar diminuindo.

REUTERS

26 de março de 2009 | 17h40

O mercado acionário norte-americano subiu com dados de que a atividade econômica dos EUA e os pedidos de auxílio desemprego semanais seguiram as expectativas, levantando esperanças de que a economia não estaria em queda ainda maior.

Um relatório da consultoria britânica Oil Movements indicando queda maior nos carregamentos da Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) enquanto o cartel mantém o corte de sua produção também ajudou na alta do preço da commodity.

Os fortes ganhos do dia foram registradas após as perdas da sessão anterior, alimentadas por dados que mostraram alta nos estoques do produto nos EUA na semana passada, atingindo o maior nível desde julho de 1993.

"Apesar de haver notícias interessantes que parecem levantar um otimismo econômico, os estoques do petróleo estão crescendo enquanto a demanda está caindo", disse Peter Beutel, presidente da Cameron Hanover, em Connecticut.

Na Nymex, o petróleo para entrega em maio subiu 1,57 dólar, ou 2,98 por cento, para 54,34 dólares por barril.

O barril foi negociado entre 52,76 dólares e 54,66 dólares, novo pico para 2009. O valor de fechamento foi também o maior desde 28 de novembro, quando os preços fecharam a 54,43 dólares

Em Londres, o petróleo tipo Brent para entrega em maio subiu 1,71 dólar, ou 3,3 por cento, a 53,46 dólares por barril.

(Reportagem de Gene Ramos e Robert Gibbons)

Tudo o que sabemos sobre:
PETROLEOFECHAALTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.