finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Petróleo nos EUA sobe US$2 com recuperação de Wall Street

Os preços do petróleo nos Estados Unidos fecharam em alta de mais de 2 dólares por barril nesta quinta-feira, subindo pela primeira vez em três sessões, com Wall Street avançando com a caça a barganhas após três dias de quedas consecutivas. Na Nymex, o contrato dezembro subiu 2,08 dólares, ou 3,7 por cento, para fechar a 58,24 dólares por barril, após ter sido negociado entre 54,67 dólares --menor patamar desde 30 de janeiro de 2007-- e 59,11 dólares. As notícias de que a Opep irá se encontrar neste mês para discutir uma forma de interromper a queda dos preços também impulsionaram os preços. Antes de subir, o petróleo chegou a cair após o dados do governo norte-americano mostrarem uma alta nos estoques de gasolina e de derivados na última semana. "O mercado acionário está se recuperando um pouco e o petróleo está seguindo. Eu estou sentindo que podemos estar perto de um fundo para petróleo", afirmou Mark Waggoner, presidente da Excel Futures. Em Londres, o contrato dezembro do petróleo tipo Brent, que venceu nesta quinta-feira, caiu 0,38 dólar, ou 0,73 por cento, para 51,99 dólares por barril, menor nível de fechamento desde 18 de janeiro de 2007. A commodity foi negociada entre 50,60, menor nível desde 31 de maio de 2005, quando os preços atingiram 49,87, e 53,26 dólares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.