Petróleo nos EUA tem queda por preocupações com demanda

Os preços do petróleo nos EstadosUnidos fecharam em queda nesta segunda-feira devido àspreocupações com a desaceleração da demanda, o que derrubou ospreços depois de a commodity ter atingido um novo recorde comas tensões entre Irã e Israel. Os preços atingiram 143,67 dólares nas negociaçõeseletrônicas que antecedem o pregão em Nova York, mas caírammais de 1 dólar durante o dia após o governo revisar para baixoos dados de demanda por petróleo em abril. Na Nymex, o contrato agosto recuou 0,21 dólar, ou 0,15 porcento, para 140 dólares por barril, após ter sido negociadoentre 139,17 e o novo recorde intradia a 143,67 dólares. Em Londres, o contrato agosto do petróleo tipo Brent fechouem baixa de 0,48 dólar, ou 0,34 por cento, a 139,83 dólares porbarril, sendo negociado entre 139,54 e a nova máxima históricade 143,91 dólares. A demanda norte-americana por petróleo em abril foi de 863mil barris por dia abaixo do previsto inicialmente, baixa de811 mil barris por dia frente as dados de um ano antes,colocando o consumo no menor nível do mês de abril dos últimosseis anos, afirmou a Administração de Informação de Energianesta segunda-feira. "Esta revisão da demanda norte-americana por petróleo emabril certamente pressionou os futuros da commodity", dissePhil Flynn, analista da Alaran Trading. "Isto é uma destruiçãoda demanda bem diante de nossos olhos." O dólar subiu com operadores comprando a moeda com o finaldo segundo trimestre. Durante a sessão os preços do petróleo atingiram um novopico com preocupações em meio à disputa do Irã contra oOcidente e Israel sobre seus projetos nucleares. (Reportagem de Gene Ramos e Robert Gibbons)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.