Petróleo nos EUA tem recorde no embalo do óleo de aquecimento

Os preços do petróleo nos EstadosUnidos fecharam em novo recorde acima de 123 dólares nestaquarta-feira, impulsionados pela alta dos futuros de óleo paraaquecimento, apesar do crescimento maior do que o esperado nasreservas norte-americanas de petróleo da semana passada. Os futuros do óleo para aquecimento subiram quase 3 porcento, atingindo um novo recorde de intradia, alimentados pelaqueda nas reservas de derivados dos EUA, frente a previsões deum aumento dos estoques desse produto. Na Nymex, o contrato junho subiu 1,69 dólar, ou 1,39 porcento, a um novo recorde de fechamento 123,53 dólares porbarril, após ter sido negociado entre 120,54 dólares e a máximahistórica a 123,80 dólares. "Operadores estavam tentando encontrar qualquer dado norelatório da AIE para uma tendência de alta e eles encontraramisso nos derivados", disse Jim Ritterbusch, presidente daRitterbusch & Associates. Desde o início do mês, o petróleo já subiu 13,50 dólares ou12,2 por cento, impulsionado principalmente pela fraqueza dodólar e problemas de oferta na Nigéria e Irã. Em Londres, o petróleo tipo Brent avançou 2,01 dólares, ou1,67 por cento, para o novo recorde a 122,32 dólares, sendonegociado entre 119,34 e a nova máxima histórica a 122,70dólares. (Reportagem de Gene Ramos e Robert Gibbons)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.