Petróleo recua com temor de demanda fraca

Indicadores econômicos ruins na Europa, a queda do governo da Holanda e a dianteira do candidato socialista François Hollande no primeiro turno das eleições na França afetaram os mercados internacionais ontem, das ações às commodities, beneficiando apenas os ativos de risco menor, como os títulos da dívida americana. No mercado de petróleo, a queda das ações foi acompanhada da interpretação de perspectiva ruim para a demanda futura. Em Nova York, a cotação do petróleo para entrega em junho caiu 0,74%, para US$ 103,11 por barril.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.