Petróleo recua para US$101 por realização de lucro

Os preços do petróleo operavam em quedanesta segunda-feira, com investidores buscando a realização delucros, ao mesmo tempo em que a Arábia Saudita anunciou planosde aumentar a produção da commodity. Por volta das 10h05 (horário de Brasília), o petróleonegociado nos EUA com entrega prevista para maio recuava 0,68dólar, para 101,16 dólares o barril, após atingir mínima de100,02 dólares durante a sessão O petróleo tipo Brent negociado em Londres operava comligeira queda, a 100,42 dólares o barril. Os preços do petróleo nos EUA retrocederam do patamarrecorde de 111,80 dólares atingido em 17 de março devido à fugade investidores dos mercados de commodities, frente a receiosligados à queda de consumo nos EUA devido ao desaquecimentoeconômico. "Suspeitamos que a correção nas commodities deve continuar,ainda podemos cair a partir deste ponto", disse Edward Meir, daMF Global, em um relatório. Mesmo antes de uma queda de 5 dólares na quinta-feira, osespeculadores haviam liquidado posições compradas até aterça-feira da semana passada, informou a Comissão deNegociação de Futuros de Commodities na sexta-feira. O mercado também sofre impacto das declarações da ArábiaSaudita, divulgadas no domingo, sobre um esforço para elevar aprodução de petróleo e a capacidade das refinarias do reinocomo ferramenta para sustentar o crescimento econômico mundial. (Por Fayen Wong em Sydney e Ikuko Kao em Londres)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.