Petróleo supera US$ 108 em NY e US$ 104 na Europa

Segundo analistas, recordes tem a ver com alta demanda e produção atual da Opep.

Da BBC Brasil, BBC

10 de março de 2008 | 19h05

O preço do petróleo tipo leve superou nesta segunda-feira a cotação de US$ 108 no mercado de Nova York, alcançando um novo recorde.De acordo com analistas, o preço do produto continua subindo por influência de investidores e instituições financeiras, que estariam apostando em commodities como o petróleo e o ouro para se proteger dos efeitos do dólar cada vez mais desvalorizado.Outro fator influenciando a cotação seria a decisão anunciada na semana passada pela Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo), que decidiu não aumentar a produção, apesar da alta demanda da China.Além do recorde em Nova York, o petróleo negociado no mercado europeu, do tipo Brent, também atingiu sua mais alta cotação na história nesta segunda-feira, chegando a passar dos US$ 104.Analistas da Agência Internacional de Energia disseram que, em valores atualizados, a cotação atual já supera a mais alta registrada durante a crise do petróleo - US$ 102,53, em 1980.A Casa Branca anunciou que vai pressionar a Opep a aumentar a produção na semana que vem, quando o vice-presidente americano, Dick Cheney, faz uma visita ao Oriente Médio. Por sua vez, o presidente da Opep, Chakib Khelil, disse que o mau gerenciamento da economia americana, que enfrenta uma ameaça de recessão, está por trás da alta do petróleo.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
altapetróleoinflaçãogasolina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.