Petróleo tem alta recorde em maio

O preço do petróleo para entrega em julho subiu 1,89%, para US$ 66,31 o barril, após a Arábia Saudita, principal exportador mundial, afirmar que há sinais de aumento na demanda pelo produto. Em maio, o petróleo acumulou alta de US$ 15,19, maior ganho mensal registrado na Bolsa Mercantil de Nova York para a commodity desde o início das negociações, em 1983.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.