Petróleo tem queda com alta do dólar e fim de greve britânica

Os preços do petróleo fecharam emqueda nesta terça-feira, quando o dólar se fortaleceu frente aoeuro e a greve na refinaria britânica de Grangemouth chegou aofim. "O dólar está se firmando... cortando um dos suportesfinanceiros para o preço do petróleo, ainda que não estejanecessariamente revertendo a tendência de longo prazo", disseTimothy Evans, analista do Citi Futures Perspective. Na Nymex, o contrato junho caiu 3,12 dólares, ou 2,63 porcento, para fechar a 115,63 dólares por barril, tendo sidonegociado entre 114,95 e 118,84 dólares. A queda desta terça-feira veio após o recorde de 119,93dólares atingindo na véspera. Em Londres, o petróleo tipo Brent caiu 3,31 dólares parafechar a 113,43 dólares por barril, sendo negociado entre113,02 e 116,74 dólares por barril. O dólar fechou na maior alta frente ao euro em quase um mêsem meio a expectativas de que o Federal Reserve irá sinalizar ofim do ciclo de cortes na taxa de juro. A produção do Mar do Norte que havia parado devido a umagreve nos oleodutos da Forties começou a ser retomada nestaterça-feira. (Reportagem de Robert Gibbons)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.