Petróleo tem recorde acima US$115 com dólar fraco

Os preços do petróleo fecharam emalta nesta quarta-feira, depois de atingirem um recorde acimade 115 dólares o barril com um dólar fraco favorecendo uma novaonda de compra da commodity. Durante a sessão, os preços chegaram a cair puxados pelasvendas do óleo para aquecimento após a divulgação de umasurpreendente alta nas reservas de destilados nos EstadosUnidos. Na Nymex, o contrato maio subiu 1,14 dólar, ou 1 por cento,para o novo recorde de fechamento de 114,93 dólares por barril,tendo sido negociado entre 112,20 e 115,07 dólares, maiorcotação desde que a Nymex lançou os futuros do petróleo em1983. Em Londres, o petróleo tipo Brent fechou em novo recorde a112,66 dólares por barril, subindo 1,08 dólar, ou 0,97 porcento, após ser negociado entre 110,15 e o recorde de intradia112,79 dólares. "Parece que o fraco desempenho do dólar está novamentedando suporte à alta do petróleo", disse Tom Knight, operadorda Texarkana. O euro bateu um novo recorde histórico frente ao dólarnesta quarta-feira, com alta recorde da inflação na zona doeuro e forte queda no setor de construção imobiliária queevidenciou as divergentes políticas de crescimento das duaseconomias. O euro subiu para 1,5977 dólar, segundo dados da Reuters,sua maior cotação desde seu lançamento em 1999. (Reportagem de Gene Ramos e Robert Gibbons)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.