Petróleo ultrapassa os US$ 60 após eleição no Irã

Os preços do petróleo mantiveram tendência de alta nesta segunda-feira e bateram novos recordes. O barril de petróleo leve norte-americano chegou a ser cotado em US$ 60,46, depois caiu um pouco, mas continuou acima de US$ 60. O petróleo do tipo Brent chegou a US$ 58,86 no mercado londrino.Analistas prevêem que os preços devem se manter em torno dos US$ 60 o barril por algum tempo, pois não há sinais de queda de demanda. Além disso, preocupação com a possibilidade de um choque entre o novo presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, com os Estados Unidos ajudou a pressionar os preços nesta segunda-feira. O país é o segundo maior produtor de petróleo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).Nos últimos 12 meses, o preço do petróleo cru aumentou em mais de 60%, mas o preço alto não reduziu a demanda. As altas taxas de crescimento de países em desenvolvimento como China e Índia estão provocando aumento no consumo de petróleo, além das as viagens de férias dos norte-americanos no verão.A Opep diz estar fazendo o que pode para conter preços. Durante o fim de semana, o presidente da Opep, o ministro do Petróleo da Arábia Saudita, Sheikh Ahmad Al-Fahd Al-Sabah, disse que a Organização começou a discutir novo aumento na produção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.