Petróleo ultrapassa US$ 133 e dólar sobe 0,48%

Petróleo encerrou o dia em US$ 133,17. O dólar também fechou em alta, em R$ 1,6580

Reuters,

21 de maio de 2008 | 16h40

O preço do petróleo bateu mais um recorde nesta quarta-feira, 20. O barril do produto negociado em Nova York encerrou o dia em US$ 133,17. O dólar também fechou em alta, em R$ 1,6580, valorização de 0,48%. Hoje, o estopim para a nova disparada do petróleo foram os dados dos estoques americanos da última semana informados pelo Departamento de Energia dos EUA (DOE). Os estoques de petróleo caíram 5,317 milhões de barris, para 320,4 milhões de barris, na semana encerrada em 16 de maio, muito pior do que a expectativa, em média, de elevação de 500 mil nos estoques. Os estoques de gasolina também frustraram as expectativas, recuando em 755 mil, mais do que o esperado (400 mil). Os preços do petróleo em níveis absurdos, dão corpo, no âmbito interno, à preocupação sobre os efeitos nos custos industriais, principalmente na cadeia petroquímica. Ao mesmo tempo, a alta do petróleo mitiga os efeitos da elevação dos preços internos dos combustíveis, expandindo novamente a defasagem em relação aos preços externos. A manter-se esse quadro, no longo prazo, não se descarta a necessidade de um novo reajuste pela Petrobras.

Tudo o que sabemos sobre:
DólarPetróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.