carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Petrolífera francesa Total manifesta interesse no pré-sal

Companhia espera ter acesso a informações sobre a exploração e diz que vai procurar a Petrobrás

Marina Guimarães, da Agência Estado,

08 de outubro de 2009 | 13h00

A petrolífera francesa Total manifestou grande interesse em investir na exploração e produção de petróleo e gás na área do pré-sal brasileiro. "Investir no pré-sal é o meu maior sonho", disse à Agência Estado Christophe de Margerie, presidente da Total. Em rápida entrevista durante a Conferência Mundial de Gás, ele ponderou, no entanto, que para cumprir seu sonho, vai ter que "provar à Petrobrás que tem muito para oferecer ao projeto pré-sal".

 

Veja também:

linkPetrobrás lança na próxima semana licitação de sondas que beira US$ 20 bi

linkProdução de petróleo atingirá seu pico em 20 anos, diz relatório 

especialO novo marco regulatório do petróleo

especialO caminho até o pré-sal

especialMapa da exploração de petróleo e gás

 

Ele não criticou o marco regulatório do pré-sal, mas fez algumas ponderações. "Temos que discutir isso (a realização do sonho) com a Petrobrás, porque com a nova regra sobre a área descoberta do pré-sal, a Petrobrás será a operadora, o que significa que precisamos discutir com eles". Nessa discussão, continuou, "precisamos de ter acesso à situação para ver o tamanho das reservas e o quanto precisaremos pagar à União, e depois vamos conversar com o Governo".

 

Margerie opinou que a exploração e produção do pré-sal "é um exemplo de que trabalhar junto será melhor do que sozinho, como estamos fazendo com Shtokman e Yamal (campos na Rússia)". O executivo insistiu em que será preciso "mostrar à Petrobrás que total está trazendo alguma coisa para o negócio".

Tudo o que sabemos sobre:
Totalpré-salPetrobrás

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.