Benoit Tessier/Reuters
Benoit Tessier/Reuters

Peugeot está 'muito aberta' para alianças na América Latina, diz presidente-executivo

Comentário foi feito logo após dirigentes da Ford afirmarem que estão explorando opções para reestruturar seus negócios na região

Reuters

18 de janeiro de 2018 | 20h49

A Peugeot está “muito aberta” para uma potencial aliança na América Latina, disse o presidente-executivo da montadora francesa, Carlos Tavares, durante uma entrevista nesta quinta-feira, 18.

Ele não falou se a empresa planejava discutir uma parceria com a Ford Motor.

Os comentários foram feitos dois dias após os executivos da Ford dizerem à analistas que a companhia estava explorando opções para reestruturar seus negócios latino-americanos.

Tavares também disse que a montadora francesa está usando o conhecimento de antigos engenheiros da Opel para desenvolver novos veículos. A ideia é voltar a entrar no mercado americano com a Peugeot oferecendo eletrificação como uma opção em todos os seus veículos até 2025.

++ Se mercado for aberto, indústria automotiva pode quebrar, diz Mercedes-Benz

++ Inovar-Auto acabou no último dia 31 sem definição de sucessor

Durante o Congresso Mundial de Automobilismo em Detroit, o executivo delineou uma agenda ambiciosa para levar sua empresa à vanguarda da indústria. A Peugeot planeja usar a aquisição das operações européias da Opel e da Vauxhall da GM como um trampolim para sua expansão global.

Tudo o que sabemos sobre:
Peugeotindústria automobilística

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.