carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Peugeot revela fase dois de aumento de capital; novo conselho se reúne

A montadora francesa PSA Peugeot Citröen lançou o segundo estágio do muito aguardado aumento de capital de 3 bilhões de euros (4,2 bilhões de dólares) para financiar seu plano de recuperação "De volta ao Páreo" e a junção com a chinesa Dongfeng.

Reuters

29 de abril de 2014 | 10h36

Enquanto seu novo Conselho de Administração se reunia nesta terça-feira, a companhia em dificuldades surpreendeu os mercados ao emitir mais ações do que o esperado com um desconto maior para captar 1,95 bilhão de euros de acionistas existentes.

A emissão, se somando à venda de 1,05 bilhão de ações ao Estado francês e à Dongfeng, permite que investidores comprem sete novas ações a 6,77 euros para cada 12 detidas, um desconto de 41 por cento ante o preço de fechamento na segunda-feira.

Isso significa que os dividendos futuros serão divididos entre 877 milhões de ações em circulação, um número maior do que muitos analistas haviam antecipado.

As ações da Peugeot reagiam de modo positivo mesmo assim.

O ganho foi "provavelmente um reflexo de pessoas ficando aliviadas" de que a captação de recursos está quase no fim, disse Erich Hauser do ISI Group, que cortou sua classificação para a Peugeot de "forte compra" para "neutro", após a apresentação de estratégia em 14 de fevereiro feita pelo novo presidente-executivo, Carlos Tavares.

A Peugeot pode levantar até 800 milhões de euros a mais durante um período de dois anos a partir de abril do ano que vem, conforme as garantias separadas são exercidas para a compra de ações adicionais.

(Por Laurence Frost)

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSPEUGEOTCAPTACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.