Fábio Motta|Estadão
Fábio Motta|Estadão

Pezão consegue ter acesso a contas do Rio

Governo do Estado ficou por dez impedido de mexer nas contas pela Justiça e, neste semana, enfrentou dois bloqueios por dívidas com a União

Constança Rezende, O Estado de S.Paulo

11 Novembro 2016 | 17h09

RIO - O governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), informou que esta sexta-feira, 11, foi o primeiro dia em que o Estado conseguiu ter acesso ao caixa do Tesouro estadual desde o bloqueio do último dia 26. Segundo Pezão, o governo ficou por dez impedido de mexer nas contas pela Justiça. Depois, na segunda e quarta-feira, os repasses feitos foram retirados pela Secretaria do Tesouro Nacional. As retiradas ocorreram como pagamento de dívida.

A maior dificuldade, segundo o governador, será o pagamento dos servidores. "Vou ver se ainda hoje consigo dar um mínimo de calendário (de pagamento). Vou começar ainda hoje os professores. Vou torcer para não ter mais arresto nas nossa contas", disse.

A declaração foi feita após o encontro com o ministro da Integração Nacional, Helder  Barbalho, que anunciou o repasse de R$ 9,3 milhões para enfrentar desastres naturais no Rio. De acordo com o ministério, os recursos deverão ser aplicados na manutenção de 180 sirenes, sendo que 60 com pluviômetros, em 12 municípios do Estado. A ajuda permitirá o restabelecimento de serviços de alerta e alarme em pontos estratégicos de comunidades em áreas de risco.

A ação visa a preparação do estado para enfrentar o período que começa em dezembro, quando o risco de desastres aumenta, por causa das chuvas de verão. A medida atenderá às regiões por 12 meses. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.