PF apreende bens de Luma de Oliveira como garantia de dívidas de Eike Batista

PF apreende bens de Luma de Oliveira como garantia de dívidas de Eike Batista

Entre os bens da ex-mulher do empresário apreendidos estão duas Toyota Hilux e uma BMW X5.

O Estado de S. Paulo

12 Fevereiro 2015 | 08h37

RIO - Policiais Federais estiveram na casa da ex-modelo Luma de Oliveira na manhã desta quinta-feira, 12, com mandado de busca e apreensão, e apreenderam três veículos e outros bens como garantia de pagamento de dívidas das empresas de Eike Batista, ex-marido de Luma.

Eike chegou à casa de Luma, no Jardim Botânico, zona sul do Rio de Janeiro, depois dos policiais. Ele acompanhou parte da operação. Entre os bens de Luma apreendidos estão duas Toyota Hilux e uma BMW X5.

Na véspera, a Polícia Federal realizou uma operação de busca e apreensão na residência de Eike Batista, na praia de Vila Velha, em Angra dos Reis, na Costa Verde do Rio. Entre os bens do empresário apreendidos está o iate Spirit of Brazil IV, avaliado em R$ 30 milhões. Além do barco, a Polícia Federal apreendeu também uma moto aquática e outros bens de valor.

A embarcação apreendida é um modelo Pershing 115, fabricado pela empresa italiana Ferretti. De acordo com informações do fabricante, o Pershing 115 tem 35 metros de comprimento, abriga três suítes e tem capacidade máxima para transportar com conforto 22 pessoas.  

A ação foi determinada pela Justiça para garantir o pagamento de indenizações caso Eike seja condenado por crimes contra o mercado financeiro. A operação faz parte da mesma decisão do Juiz Flávio Roberto de Souza, da 3ª Vara Criminal da Justiça Federal do Rio, que autorizou a apreensão de seis carros do empresário, em 6 de fevereiro. 

Um dos bens apreendidos na ocasião foi o carro modelo Lamborghini que Eike usava como objeto de decoração em uma de suas salas. Também foram apreendidos quadros, computadores e até um piano na casa que o empresário mantém no bairro do Jardim Botânico, Zona Sul do Rio.

Mais conteúdo sobre:
Luma de Oliveira Eike Batista

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.