Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

PF faz busca em casas de ex-diretores do Panamericano

A Polícia Federal cumpre hoje nove mandados de busca e apreensão em uma nova fase das investigações sobre a fraude no Banco Panamericano. Os mandados expedidos pela 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo serão cumpridos nas residências dos principais ex-diretores da instituição financeira, ligada ao Grupo Silvio Santos. Em meio a denúncias de fraudes, o Panamericano recebeu recentemente um aporte de R$ 2,5 bilhões para manter suas operações. Os recursos são do Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

PRISCILA TRINDADE, Agencia Estado

16 de dezembro de 2010 | 10h01

Os agentes buscam indícios dos crimes financeiros apontados pelo Banco Central (BC), provas da autoria e documentos que levem ao rastreamento da quantia bilionária supostamente desviada do banco. Segundo a Superintendência Regional da Polícia Federal em São Paulo, os principais crimes investigados são gestão fraudulenta, indução de investidor a erro, inserção de elemento falso em demonstrativos contábeis, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e sonegação fiscal. As penas somadas podem chegar a 37 anos de cadeia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.