bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Pharmacia esclarece suspensão de remédios

A empresa Pharmacia Brasil Ltda esclarece, através de sua Assessoria de Imprensa, que comunicou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a classe médica e aos distribuidores que decidiu, por iniciativa própria, efetuar o recolhimento de catorze lotes de cinco medicamentos oncológicos, importados de sua fábrica em Perth, na Austrália. O comunicado foi realizado no último dia 14 de maio. A empresa informa que uma inspeção de rotina apontou uma contaminação por fungos no meio ambiente da unidade estéril, o que potencialmente poderia implicar em riscos para a saúde. A Agência Nacional suspendeu ontem a venda dos medicamentos. Os medicamentos que foram suspensos preventivamente pela Anvisa são:- Aracytin CS - 1g/10ml - lote nº R908E- Farmorubicina CS - 10 mg/5ml; 20mg/10ml; 50mg/25ml - lotes nº T029B; R907B; R907E; R819C; R991D- Mantrex CS - 50mg/2ml - lote nº R869G/R- Cytosafe Metotrexato - 500 mg/20ml - lote nº R968C- P & U Cisplatina - 50 mg/50ml - lote nº T027C- Cisplatina - 100 mg/100ml - lote nº R839A- Cytosafe Sulfato de Vincristina - 1mg/1ml - lote nº R914A- Vincizina CS - 1mg/1ml - lote nº R914A/RA Pharmacia informa também que não tem, até o momento, conhecimento de qualquer relato médico específico de complicações decorrentes deste risco potencial ambiental e que os medicamentos mencionados atenderam a todos os requisitos do controle de qualidade da empresa, não havendo qualquer questionamento em relação à sua eficácia. A empresa colocou a sua central de atendimento (0800-551800) à disposição para prestar esclarecimentos adicionais sobre o assunto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.