PIB alemão cresce 0,7% no 2º trimestre

O Produto Interno Bruto da Alemanha teve uma expansão de 0,7% no segundo trimestre ante os três primeiros meses do ano, em linha com a previsão de economistas, segundo dados preliminares do escritório nacional de estatísticas. Na comparação com o mesmo período do ano anterior, o crescimento foi de 0,5% no segundo trimestre, ficando acima da previsão dos economistas, de alta de 0,2%.

AE, Agencia Estado

14 de agosto de 2013 | 03h37

O escritório de estatísticas da Alemanha disse que o crescimento no segundo trimestre foi impulsionado pela demanda doméstica, tendo em vista que o consumo privado e os gastos públicos aumentaram ante o primeiro trimestre. Segundo o órgão, o investimento se recuperou notavelmente também no período em questão, "após um inverno excepcionalmente longo e frio". O comércio líquido contribuiu também para o crescimento do segundo trimestre, com as exportações avançando mais do que as importações.

O escritório de estatísticas revisou para baixo o PIB do primeiro trimestre, mas elevou sua estimativa no quarto trimestre de 2012. O PIB alemão se manteve estável no primeiro trimestre na comparação trimestral, e teve uma contração de 0,5% nos últimos três meses de 2012. O órgão anteriormente havia registrado taxas trimestrais do PIB de alta de 0,1% e queda de 0,7%, respectivamente. Os dados são ajustados pela inflação e levam em conta variações sazonais, assim como o número de dias úteis em cada trimestre. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
alemanhapib

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.