PIB alemão recua para 2,5% em 2007

A economia alemã registrou expansão de 2,5% em 2007, impulsionada pelas exportações e os investimentos, informou hoje o Escritório Federal de Estatística da Alemanha. O Produto Interno Bruto (PIB, a soma de todas as riquezas de um país) alemão ficou de acordo com as previsões dos economistas, mas acima da estimativa do Deutsche Bundesbank, que era de alta de 1,75%.O crescimento, no entanto, foi inferior às expansão de 2006, de 2,9%, que foi a maior taxa de crescimento desde os 3,2% registrados em 2000. O governo da Alemanha deverá apresentar na quarta-feira da semana que vem (dia 23) suas estimativas para o PIB deste ano. O ministro das Finanças, Peer Steinbrueck, já disse que o governo deve rever sua projeção de 2% (anunciada em outubro) para entre 1,8% e 1,9%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.