Fotos Públicas
Fotos Públicas

PIB da Argentina recua 5,8% no 1º trimestre

País enfrenta recessão econômica; resultado veio pior do que o esperado por analistas

Victor Rezende, O Estado de S.Paulo

19 de junho de 2019 | 17h50

A recessão econômica na Argentina teve continuidade nos três primeiros meses deste ano, um período que configurou o quarto semestre consecutivo de declínio econômico, de acordo com informações do Instituto Nacional de Estatísticas e Censos (Indec) do país.

O Produto Interno Bruto (PIB) mostrou que a economia argentina apresentou contração de 5,8% no primeiro trimestre em relação ao mesmo período de 2018, e recuou 2,0% na comparação com os três meses imediatamente anteriores.

O resultado veio ligeiramente pior do que o esperado por analistas consultados pela Trading Economics. Na comparação anual do primeiro trimestre, a expectativa era de que o PIB argentino apresentasse contração de 5,7%. Já em relação ao quarto trimestre de 2018, analistas esperavam recuo de 0,8%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.