PIB argentino cresce 2,8% no trimestre e 8,7% no ano

A economia da Argentina manteve forte impulso no terceiro trimestre do ano com uma expansão de 2,8% em comparação com o segundo trimestre e crescimento de 8,7% em relação a igual período do ano passado, segundo os dados do Produto Interno Bruto (PIB) divulgados hoje pela agência nacional de estatística (Indec). O resultado ficou em linha com a mediana das previsões dos economistas segundo a pesquisa mensal do Banco Central argentino.Separadamente, o Indec revisou a taxa anual do crescimento econômico do segundo trimestre em leve baixa, para uma expansão 8,6%, de um dado anterior de 8,7%. As informações são da Dow Jones.

SUZI KATZUMATA, Agencia Estado

13 de dezembro de 2007 | 18h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.