PIB argentino deve ser de 6% em 2008

A economia argentina cresceu cerca de 6% em 2008, segundo estimiva do Banco Central do país. Desta forma, o Produto Interno Bruto (PIB) do último trimestre do ano teria crescido 2% - uma queda substancial em relação à média dos trimestres anteriores de 2008, de 7,5%. A queda é mais significativa ainda se comparada ao crescimento do PIB no último trimestre de 2007, que foi de 9,1%. A entidade prevê que a economia argentina deve continuar desacelerando em 2009, por causa da crise, e crescerá 4% no ano. Isso equivaleria à metade do crescimento médio que o país obteve nos últimos seis anos, de 8,3%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.