PIB avança 1,5% no segundo trimestre, diz IBGE

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro registrou alta de 1,5% no segundo trimestre de 2013 em relação ao primeiro trimestre, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta sexta-feira, 30, ao divulgar os resultados das Contas Nacionais Trimestrais. O resultado do PIB no segundo trimestre do ano veio acima do teto do intervalo das estimativas dos analistas consultados pelo AE Projeções, que iam de 0,60% a 1,30%, com mediana de 0,90%.

MÔNICA CICARELLI, MARIANA DURÃO, ANTONIO PITA E VINICIUS NEDER, Agencia Estado

30 de agosto de 2013 | 09h25

Na comparação com o segundo trimestre de 2012, o PIB apresentou alta de 3,3% no segundo trimestre deste ano, dentro do intervalo das estimativas do AE Projeções, que variavam de 2,00% a 3,80%, com mediana de 2,50%. No primeiro semestre do ano, o PIB sobe 2,6%, na comparação com igual semestre de 2012. O PIB do segundo trimestre de 2013 em valores correntes somou R$ 1,201 trilhão.

Serviços

O PIB de serviços cresceu 0,8% no segundo trimestre do ano sobre o primeiro trimestre. Na comparação com o segundo trimestre de 2012, avançou 2,4%. No primeiro semestre deste ano, o PIB de serviços subiu 2,1% em relação ao primeiro semestre do ano passado

Agropecuária

O PIB da agropecuária subiu 3,9% no segundo trimestre do ano sobre o primeiro. Na comparação com o segundo trimestre de 2012, registrou alta de 13%. No primeiro semestre deste ano, o PIB da agropecuária cresceu 14,7% em relação ao primeiro semestre do ano passado.

FBCF

A Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) subiu 3,6% no segundo trimestre de 2013 sobre o primeiro trimestre. Na comparação com o segundo trimestre de 2012, a FBCF avançou 9,0%. No primeiro semestre deste ano, a FBCF ficou 6,0% acima do resultado do primeiro semestre do ano passado. A taxa de investimento (FBCF/PIB) no segundo trimestre de 2013 foi de 18,6%, informou o IBGE.

Exportações

As exportações cresceram 6,9% no segundo trimestre em relação ao primeiro. As vendas externas avançaram 6,3% na comparação com o segundo trimestre de 2012. Já as importações contabilizadas no PIB aumentaram 0,6% no segundo trimestre de 2013 na comparação com o primeiro trimestre também deste ano. Em relação ao segundo trimestre de 2012, as importações cresceram 7,9%.

A contabilidade das exportações e importações no PIB é diferente da realizada para a elaboração da balança comercial. No PIB, entram bens e serviços e as variações porcentuais divulgadas dizem respeito ao volume. Já na balança comercial, entram somente bens e o registro é feito em valores, com grande influência dos preços.

Tudo o que sabemos sobre:
PIBIBGE2º trimestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.