PIB avançou 0,1% no terceiro trimestre, segundo o IBGE

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro cresceu 0,1% no terceiro trimestre em relação ao segundo deste ano, totalizando R$ 1,289 trilhão, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta sexta-feira, 28, ao anunciar as Contas Nacionais Trimestrais. O resultado veio dentro do intervalo das estimativas dos analistas de 51 instituições consultados pelo AE Projeções, que esperavam desde uma queda de 0,10% até expansão de 0,60%, com mediana positiva de 0,20%.

DANIELA AMORIM, MARIANA SALLOWICZ; MARIANA DURÃO E VINICIUS NEDER, Estadão Conteúdo

28 de novembro de 2014 | 09h40

Na comparação com o terceiro trimestre de 2013, o PIB recuou 0,2% no terceiro trimestre deste ano. O resultado ficou dentro das estimavas dos analistas de 42 casas, que previam desde queda de 0,50% até alta de 0,10%, com mediana negativa de 0,10%.

Indústria

O PIB da indústria subiu 1,7% no terceiro trimestre em relação ao segundo trimestre deste ano. Na comparação com o terceiro trimestre de 2013, o PIB da indústria mostrou queda de 1,5%.

Comércio exterior

As exportações contabilizadas no PIB cresceram 1% no terceiro trimestre em relação ao segundo deste ano. Na comparação com o terceiro trimestre de 2013, as exportações mostraram alta de 3,8%. As importações contabilizadas no PIB, por sua vez, avançaram 2,4% no terceiro trimestre em relação ao segundo trimestre deste ano. Já na comparação com o terceiro trimestre de 2013, as importações subiram 0,7%.

A contabilidade das exportações e importações no PIB é diferente da realizada para a elaboração da balança comercial. No PIB, entram bens e serviços, e as variações porcentuais divulgadas dizem respeito ao volume. Já na balança comercial, entram somente bens, e o registro é feito em valores, com grande influência dos preços.

Consumo famílias

O consumo das famílias caiu 0,3% no terceiro trimestre em relação ao segundo trimestre deste ano. Na comparação com o terceiro trimestre de 2013, o consumo das famílias mostrou alta de 0,1%, no pior resultado desde o mesmo trimestre de 2003, quando caiu 1,5%.

O consumo do governo, por sua vez, subiu 1,3% no terceiro trimestre em relação ao segundo trimestre deste ano. Já na comparação com o terceiro trimestre de 2013, o consumo do governo mostrou alta de 1,9%.

Poupança

A taxa de poupança da economia brasileira ficou em 14% no terceiro trimestre de 2014. Já a taxa de investimento ficou em 17,4% no período, segundo o IBGE.

Revisão

O IBGE revisou a variação do Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre de 2013. O recuo foi de 0,5% na comparação com o segundo trimestre de 2013. Inicialmente, o instituto havia apurado um recuo de 0,6% no período.

Tudo o que sabemos sobre:
PIBIBGE3º trimestre 2014

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.